Pai de santo é preso suspeito de abusar sexualmente de 2 adolescentes

0
45
Divulgação/Polícia Civil

Um pai de santo foi preso suspeito de abusar sexualmente de dois adolescentes e outros três jovens durante “rituais de purificação” em Ponta Grossa, no Paraná. A ação da Polícia Civil foi deflagrada na última sexta-feira (27/10). Se condenado, o religioso pode pegar mais de 25 anos de prisão.

Segundo a Polícia Civil, as vítimas possuem entre 16 e 20 anos. O líder religioso se aproveitava da fé para impor os rituais pelo medo de punições no centro religioso.

A delegada do Núcleo de Proteção à Criança e ao Adolescente Vítimas de Crimes (Nucria), descreveu que os dois adolescentes começaram a frequentar o centro no fim do ano passado. Por serem do sexo masculino, a promessa era por “vantagens espirituais”.

“O investigado levava meninos, de forma individual, até outros ambientes do centro. Lá, ele fazia uma medição do corpo, incluindo os órgãos sexuais. Nisso, pelo apurado nos inquéritos, também passava a mão nos genitais”, explicou.

Os crimes teriam começado em dezembro do ano passado, mas o medo foi o principal motivo que fez a denúncia demorar para chegar até a Polícia Civil. Entre os adolescentes, um teria passado várias vezes pelo chamado ‘ritual de purificação’.

Na Polícia Civil, o pai de santo pode responder pelos crimes de violação sexual mediante fraude, ameaça, estupro e importunação sexual.

O Nucria e o 2º Distrito de Ponta Grossa seguem investigando os casos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui