Prevenção e pesquisa científica: FVS-RCP destaca exposição de tuberculose em congresso nacional de Medicina Tropical

0
25

A Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas – Drª Rosemary Costa Pinto (FVS-RCP), vinculada à Secretaria de Estado de Saúde do Amazonas (SES-AM), deu destaque às ações de educação em saúde e prevenção à tuberculose em escolas de Manaus por meio da Exposição da Tuberculose (Expo-TB). O trabalho científico foi apresentado oralmente no 58º Congresso da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical (Medtrop) em Salvador, na Bahia, que seguiu até a quarta-feira (13/09).

A equipe do Programa Estadual de Controle da Tuberculose (PECT-AM), durante a apresentação, enfatizou a construção e execução do Projeto da Expo-TB, em parceria com diversas instituições de governo (inclusive institutos de pesquisa e universidades) e da sociedade civil organizada, no âmbito do Comitê Estadual de Combate à Tuberculose do Amazonas.

O principal objetivo do Projeto é a promoção da estratégia de educação por pares na comunidade escolar e os resultados apresentados no Medtrop 2023 referem-se à edição 2023, voltada para crianças e adolescentes do 5º ao 9º ano do ensino fundamental de uma escola pública de Manaus. Por meio da exposição, os estudantes produzem materiais educativos sobre tuberculose, envolvendo peças teatrais, poesias, paródia, painéis, palestras e cartazes, com informações sobre transmissão, sintomas, diagnóstico, tratamento e prevenção da tuberculose. Após a produção, os materiais educativos são apresentados pelos alunos juntamente com os professores e profissionais de saúde durante a Expo-TB.

FOTOS: Girlene Medeiros/FVS-RCP

De acordo com a diretora-presidente da FVS-RCP, Tatyana Amorim, a Expo-TB se configura como ferramenta para implementação de ações de educação em saúde sobre tuberculose no ambiente escolar. “A estratégia é uma ferramenta que forma multiplicadores do conhecimento sobre tuberculose nas escolas, para que os alunos compartilhem os conhecimentos adquiridos para as respectivas famílias e amigos”, disse.

Jair Pinheiro, Gerente de Doenças de Condições Crônicas e Infecções Sexualmente Transmissíveis (GCCI), do Departamento de Vigilância Epidemiológica (DVE), da FVS-RCP, realizou a apresentação oral da produção científica no Medtrop. “A Exposição de Tuberculose nas Escolas já é uma iniciativa que vem sendo realizada ao longo dos anos e, no Medtrop 2023, foi reconhecida pela comissão avaliadora com potencial para ser replicada em outros cenários de elevada incidência de tuberculose no país”, disse o gerente.

Medtrop

O Medtrop é considerado o maior evento de caráter multidisciplinar em Medicina Tropical da América Latina. Em 2023, o evento tem como tema central: “Desafios para Medicina Tropical no Século XXI. Como enfrentá-los?”; a iniciativa é da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical (SBMT).

Outras produções científicas apresentadas e que tiveram a participação da equipe do PECT-AM incluem o uso de aplicativo móvel para monitoramento por vídeo (VDOT) do tratamento de curta duração para tuberculose latente entre migrantes estrangeiros, em parceria com a Universidade Federal do Espírito Santos e a Rede Brasileira de Pesquisa em Tuberculose (Rede-TB); além da apresentação dos resultados preliminares da estratégia de Telemonitoramento de casos de tuberculose plataforma Telessaúde, em parceria com o Programa de Controle da Tuberculose de Manaus (PCT-Manaus) e Programa de Pós-Graduação em Medicina Tropical (UEA/FMT-HVD).

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui