Professora sadomasoquista é presa por pedofilia

0
3115

Luciana Senna Simões, professora universitária e doutoranda em anatomia humana na USP, e o namorado Rodrigo Pereira Rodrigues foram presos por terem se envolvido com uma adolescente de 14 anos e divulgado fotos da garota na internet. A polícia investiga se o casal aliciou outras vítimas. No apartamento da professora foram encontrados materiais pornográficos e de tortura.Polícia mostra novas fotos de professora sadomasoquista acusada de pedofilia

Na casa da suspeita, a polícia apreendeu um vasto material destinado à prática de sadomasoquismo – coleiras, chicotes, vibradores, gel lubrificante, presilhas com correntes, máscaras, espartilhos, roupas de fantasia e até quatro manuais de sadomasoquismo.

No computador da professora estavam armazenadas centenas de fotos pornográficas, que eram inseridas por ela e seu namorado no site. Em muitas das fotografias o casal aparece com a adolescente, em 29 de julho, dia em que a menina chegou tarde em casa. As fotos foram produzidas e postadas num site de sadomasoquistas e fetiche, expondo a imagem da menor.

A professora universitária é formada em Biomedicina e doutoranda em Anatomia Humana na Universidade de São Paulo (USP) e seu parceiro, montador – foram indiciados com base no Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA). À polícia, a professora disse que a garota parecia ter 16 anos. A professora e o parceiro foram presos em flagrante por divulgar as fotos, além de mantê-las armazenadas. A advogada dos acusados não se manifestou sobre o caso.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui