Truculência : Flagrante mostra Cadeirante agredidos por seguranças

0
517

Pacientes que buscavam atendimento em um hospital público de Campina Grande, na Paraíba, não chegaram a ver nenhum médico e foram agredidos por seguranças do próprio hospital.

As cenas de violência aconteceram na recepção do hospital. Um rapaz na cadeira de rodas sentia dores na coluna. Como estava sem documentos, o atendimento foi negado, o que deu início a uma discussão. Ele e os dois acompanhantes foram agredidos pelos seguranças. O cadeirante foi derrubado e arrastado para fora do hospital.

“Chamaram o segurança e ele veio com total truculência, me arrancaram da cadeira de rodas e me levaram como se fosse um nada. Foi só ameaça e pancadaria”, diz o homem.

As imagens são do circuito interno do Hospital de Emergência e Trauma de Campina Grande, interior da Paraíba. O policial responsável pela segurança do hospital alegou que os militares agiram em legítima defesa. “O sargento sofreu quatro socos, reagiu e deteve esse rapaz. Ele agiu corretamente, cumpriu o seu dever”, diz o Major José Carlos Carvalho, coordenador de segurança.

Assista o vídeo

https://www.youtube.com/watch?v=Vv2nh-MJJgE

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui