Peladona de Congonhas faz protesto de lingerie em São Paulo

0
444

Peladona de Congonhas, que antes era professora de matemática, foi em frente à Secretaria Estadual de Educação (SP) para mostrar a sua indignação em forma de protesto.
“Já acreditei na educação desse país. O que querem? Que eu coloque um óculos fundo de garrafa, roupas largas e tenha cara de nerd? Só porque sou gostosa não posso dar aula?”, questionou Jéssica, só de lingerie, enquanto queimava um sutiã em referência às mulheres que protestaram em busca de melhores condições de trabalho nos anos 70.
Jéssica Lopes ficou conhecida como a Peladona de Congonhas ao ser flagrada trocando de roupa em um dos maiores aeroportos da cidade de São Paulo. Após se decepcionar com o mundo das celebridades, ela decidiu voltar a lecionar para ficar mais próxima ao filho Gabriel, porém sem sucesso: “Espalhei currículos e ao me apresentar já sentia o preconceito. Não pensei que era tão famosa. Mas todo mundo sabia quem eu era. E não uso nome artístico. É só jogar no Google e nas redes sociais que me acham. Sofri por fazer trabalhos sensuais”.
Jéssica também comentou que o maior motivo para ter largado a antiga profissão foi justamente este tipo de preconceito: “Meus alunos perguntavam se eu tiraria a roupa como fazia em um programa de TV, os professores diziam que eu deveria posar nua. Achei melhor optar entre os livros e a vida de modelo”.
Com isso, ela espera chamar a atenção do governo para o preconceito e para a educação no país. “Eu tentei ensinar aqueles adolescentes, dar um panorama do que é a vida. Tentei ser amiga, e eles me tiravam. Então, decidi ser a carrasca. Não mostrava os dentes e isso me fazia mal, porque não sou assim. Dei um basta. O Brasil perdeu uma excelente professora”, completa ela.
peladona-01 peladona-02

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui