Ministério Público denuncia motorista que atropelou e matou Luan Garone no início do ano

Compartilhe:

O Ministério Público do Estado do Amazonas (MPE) denunciou no dia 03 deste mês, por homicídio culposo na direção de veículo automotor, Gabriel Nascimento e Silva, 22 anos de idade.

De acordo com a promotora Lilian Maria Pires Stone, no dia 1º de janeiro do ano passado (2019), Gabriel atropelou Luan Garone Silva Rodrigues, que veio à óbito. De acordo com laudo pericial, Gabril dirigia o veículo TOYOTA/COROLLA, placa PHQ-5790, a 102.48km/h, velocidade excessivamente superior ao permitido para a área.

Gabriel atropelou a vítima por volta das 17h30min, na Avenida Coronel Teixeira – Ponta Negra, quando Luan Garone atravessava a via e já tinha ultrapassado a segunda pista de rolamento.

Desde que condenado, Gabriel Nascimento, que reconheceu o delito, pode ser condenado a pena de de dois a quatro anos de reclusão. e ainda suspensão ou proibição de se obter a permissão ou a habilitação para dirigir veículo automotor.

Conforme o Art. 302, ele poderá, ainda, ter a habilitação suspensa e proibido de obter a permissão ou a habilitação para dirigir veículo automotor.

“O denunciado, agindo com imprudência na condução de seu veículo, ofendeu culposamente a integridade física de Luan Garone Silva Rodrigues, que não resistiu às lesões, vindo a óbito no local, conforme laudo necroscópico”, denuncia Lilian Maria Pires Stone.

Clique no link abaixo e veja denúncia na íntegra

document (11)

Clique no link abaixo e veja laudo pericial completo

LAUDO PERÃ_CIA VIDEO LUAN GARONE