Autor de ao menos 14 homicídios, traficante “Sandrinho” é preso em condomínio de luxo

Compartilhe:

Alexsandro Oliveira dos Santos, vulgo “Sandrinho”, acusado de comandar as principais bocas de fumo de bairros da Zona Oeste de Manaus e de participar dos assassinatos de pelo menos 14 pessoas que eram seus concorrentes na venda de drogas, foi preso  na manhã desta quinta-feira, 8, em cumprimento a mandado de prisão.

De acordo com o delegado Juan Valério, titular da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), “Sandrinho” morava em um condomínio luxuoso situado na estrada da Ponta Negra, Zona Oeste, e foi preso quando estava estava saindo de casa para executar mais um inimigo seu no tráfico de drogas.

O ex-presidiário Clerton da Silva Menezes, vulgo “Bombinha”, foi uma das vítimas fatais de “Sandrinho”, que foi morto a tiros no dia 8 de novembro de 2016 dentro de seu carro.

“Bombinha” foi preso, conseguiu sair da cadeia e não queria mais trabalhar vendendo droga para a boca de fumo de “Sandrinho”, que não gostou da decisão do ex-parceiro de tráfico. Acompanhado de outros quatro traficantes da Zona Oeste, “Sandrinho” tocaiou e matou “Bombinha” com mais de dez tiros.

O traficante foi recolhido no final da manhã desta quarta-feira ao Centro de Detenção Provisória Masculino (CDPM).