21.8 C
Amazonas
sábado, dezembro 4, 2021

Zé Ricardo defende piso salarial da Enfermagem e cobra do Governo do Estado concurso urgente para a área da Saúde

Após mais de sete meses da emissão do parecer favorável, o PL 2564/2020, que estabelece o Piso Salarial e a Jornada de 30 horas para a Enfermagem da rede pública e privada, entrou na pauta da quarta-feira (24) do Senado Federal. Além do texto original, que prevê o pagamento no valor de R$ 7.315,00 para enfermeiros, e desse valor 70% seriam para os técnicos de enfermagem e 50% para os auxiliares. Ainda foram apresentadas emendas, dentre elas uma que reduz o valor de R$ 7.315,00 para R$ 4.750,0 com jornada de 30 horas e outra que também reduz o valor, mas de R$ 7.315,00 para R$ 3.500,00 sem Jornada de 30 horas, além da emenda que reduz o valor do piso apoiado pela Associação Nacional de Municípios.

Diante disso, o deputado federal Zé Ricardo (PT/AM) defendeu em plenário, nesta quarta-feira, a aprovação da proposta original e afirmou ser contrário às emendas propostas pelos senadores. Para o parlamentar, se as emendas forem aprovadas, o piso salarial dos trabalhadores da enfermagem já nasce fragilizado. “É fundamental a aprovação desse projeto na definição do piso salarial, mas as informações que chegam aqui é que tem senadores que querem reduzir o valor do piso. Eu acho que é injusto. Temos que valorizar esses profissionais que tanto atuaram e atuam na defesa da vida da população”, destacou Zé Ricardo, ressaltando a atuação de várias entidades, em particular do estado do Amazonas, que estão na luta em defesa dos direitos dos trabalhadores da área da Saúde.

Zé Ricardo também aproveitou para cobrar novamente do Governo do Amazonas a realização de concurso público na área da Saúde, além de investimentos, ampliação dos hospitais e o pagamento da reposição salarial da categoria, uma vez que já aumentou a arrecadação do estado, portanto, o momento de cumprir a lei que garante esse direito aos trabalhadores da Saúde.

Related Articles

Fique conectado

FansLike
FollowersFollow
0FollowersFollow

Outras matérias