STJ decidirá se PF pode investigar cúpula da Funai de Bolsonaro

0
27

O Superior Tribunal de Justiça (STJ) deve decidir se a Polícia Federal (PF) pode ou não investigar a cúpula da Fundação Nacional dos Povos Indígenas (Funai) no caso dos assassinatos do indigenista Bruno Pereira e do jornalista britânico Dom Phillips na Amazônia em junho de 2022. Não há data definida para o julgamento.

Marcelo Xavier e Alcir Amaral, ex-presidente e ex-vice-presidente da Funai, respectivamente, chegaram a ser indiciados por homicídio com dolo eventual (assumir o risco das mortes) no inquérito da PF que apura os assassinatos de Bruno e Dom.

No entanto, os advogados de Marcelo e Alcir conseguiram decisões favoráveis do Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF-1) suspendendo as investigações, após decisões de primeira instância a favor da continuidade do inquérito. Os dois dirigiam a Funai no governo de Jair Bolsonaro (PL).

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui