PF prende suspeito de arrancar olho e matar policial com 30 tiros

0
48
Metrópoles

A Polícia Federal (PF), em ação conjunta com a Polícia Militar do Rio de Janeiro, efetuou nesta quinta-feira (9/11) a prisão de um homem condenado por ser um dos assassinos do policial federal de execução penal Lucas Barbosa da Costa. O crime foi cometido em 17 dezembro de 2012 na cidade de Mossoró (RN).

O corpo do servidor foi encontrado em uma estrada de terra amarrado, com marcas de 30 tiros na barriga, na cabeça e com um dos olhos arrancados. Segundo as investigações, o homicídio ocorreu com requintes de crueldade após os assaltantes descobrirem que a vítima era policial.

O veículo do agente de segurança foi encontrado completamente queimado no dia seguinte ao crime.

A localização do criminoso, que estava foragido desde 2018, foi possível em razão de um trabalho integrado de inteligência entre a Polícia Federal e a Diretoria de Inteligência da Secretaria Nacional de Políticas Penais (Sennapen).

O foragido foi encontrado no Morro do Santo Amaro, zona sul do Rio de Janeiro. Com o preso, os policiais apreenderam armas de fogo, munições e drogas.

O criminoso, condenado pela Justiça Federal, foi conduzido à Superintendência Regional da Polícia Federal no Rio de Janeiro para os procedimentos de praxe e posteriormente será encaminhado ao sistema prisional, onde permanecerá à disposição da justiça.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui