Wilson Lima anuncia antecipação do Auxílio Estadual de novembro e atualiza número de municípios que receberam ajuda humanitária nos últimos 30 dias

0
72
Fotos: Antônio Lima / Secom

O governador Wilson Lima anunciou, nesta segunda-feira (06/11), que vai antecipar o pagamento do Auxílio Estadual do mês de novembro para o próximo dia 8, quarta-feira. A medida repete o que já havia sido feito em outubro e foi anunciada durante reunião do Comitê Intersetorial de Enfrentamento à Situação de Emergência Ambiental, nesta segunda-feira (06/11).

A antecipação do Auxílio Estadual contempla os quase 300 mil beneficiários dos 62 municípios do Amazonas atendidos pelo benefício e deve injetar cerca de R$ 45 milhões no comércio local.

“Essa é uma forma de ajudar, sobretudo, aquelas famílias que estão nos lugares mais distantes do estado do Amazonas e que estão sofrendo de maneira muito contundente os efeitos dessa estiagem”, disse o governador.

O governador também destacou o envio de ajuda humanitária já enviada para 51 municípios do estado em um mês de operação. Desde o dia 2 de outubro, o Governo do Amazonas, com apoio de parceiros como as Forças Armadas, já entregou mais de 74,8 mil cestas básicas, somando 1.372 toneladas e alcançando 85% do estado.

Segundo a Defesa Civil, a meta é que até a próxima semana, as entregas cheguem aos demais municípios que ainda não foram alcançados, conforme destacou o secretário-executivo do órgão.

Participaram da reunião do Comitê, além do governador, o secretário-executivo de Defesa Civil; o secretário estadual de Meio Ambiente, Eduardo Taveira; o comandante-geral do Corpo de Bombeiros Militar do Amazonas, coronel Orleiso Muniz, além de outros gestores estaduais que integram o comitê.

Desde o dia 28 de outubro, após registrar a maior vazante da história, com 12,70m, o rio Negro já subiu 50 centímetros, chegando nesta segunda-feira a 13,20m. Em Tabatinga (a 1.108 quilômetros da capital), o rio Solimões registrou 11 cm de vazante, de domingo para segunda, reflexo da descida dos rios peruanos Maranon e Ucaialy.

Esses e outros dados podem ser acompanhados no Painel do Clima (www.paineldoclima.am.gov.br), lançado pelo Governo do Amazonas para informar sobre as ações de monitoramento, combate e prevenção aos fenômenos climáticos no estado.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui