Estado do Amazonas, por meio do deputado João Luiz assina Acordo de Cooperação com o Governo de Portugal

0
13
Foto: Mauro Smith

O coordenador-geral do Núcleo de Relações Internacionais da Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (NURIAM/ALEAM), deputado estadual João Luiz (Republicanos) assinou um Acordo de Cooperação com o Governo de Portugal, por meio da presidente da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Centro (CCDRC) de Portugal, Isabel Damasceno Vieira de Campos Costa com o objetivo promover a interação entre empresas, instituições de ensino e pesquisa do Estado do Amazonas e da Região Centro de Portugal.

A assinatura aconteceu na quinta-feira (2), na sede da CCDRC, na cidade de Coimbra, em Portugal, e contou com a presença de representantes da Frente Parlamentar de Relações Exteriores da Câmara Municipal de Manaus (CMM), vereadores João Carlos (Republicanos) e Marcelo Serafim, que são membros do Nuriam e de entidades da indústria das cidades de Leiria e Aveiro.

Na sexta-feira (3), o deputado João Luiz reuniu-se com reitores e vice-reitores de universidades e institutos politécnicos da região Centro de Portugal, visando parcerias com entidades de ensino superior no Amazonas.

“Essa é uma região muito importante de Portugal, com uma grande variedade de produtos e serviços. O Acordo de Cooperação é um passo importante para essa parceria bilateral”, disse o deputado João Luiz, que ressaltou que com a assinatura do documento, abre-se a possibilidade de futuros acordos para fortalecer as relações entre o Amazonas e a Região Centro de Portugal.

A presidente da CCDRC, Isabel Costa destaca que a união entre as duas regiões é muito importante porque significa uma boa oportunidade de desenvolvimento de novos projetos.

“Entendo que pode-se construir muito com essas ligações entre os dois países, desde que se construam condições para que esses intercâmbios consigam se concretizar. A Região Centro precisa muito e apoia novos investimentos e novos projetos”, afirmou Isabel Damasceno Vieira de Campos Costa.

Para o presidente da Frente Parlamentar de Relações Exteriores da CMM, vereador João Carlos, a importância dessas parcerias é gigante, uma vez que Portugal é uma entrada para o mercado europeu.

“Vejo aqui o interesse das duas regiões em exportar tecnologia para soluções em ambos os países. A assinatura do Acordo de Cooperação é um sinal profundo de grande responsabilidade e muito respeito”, explicou o vereador João Carlos.

O vereador Marcelo Serafim também avaliou a importância da reunião para o estado do Amazonas.

“Conversamos sobre Cidades Inteligentes e tivemos a oportunidade de dialogar com pessoas que representam a área de indústria e comércio em regiões importantes como Aveiro e Leiria. Estamos trabalhando para essa integração para que, em breve, hajam reuniões com a Secretaria de Desenvolvimento do Estado do Amazonas para que os dois países possam fortalecer essa parceria tão importante que precisa ser intensificada”, frisou.

Acordo de Cooperação

O Acordo de Cooperação visa a promoção econômica, empresarial, acadêmica, científica e tecnológica entre as duas regiões. Dentro desse escopo, destacam-se a cooperação científica e tecnológica nas áreas do Meio Ambiente, Biotecnologia, Cidades Inteligentes, Cooperação Territorial, Comércio e Serviços, Empreendedorismo, Indústria, Inovação e Competitividade, Saúde e Turismo.

Na área econômica, o documento prevê a criação de projetos empresariais conjuntos que possibilitem o acesso direto ao mercado europeu e a grande parte do mercado da América do Sul.

Reunião com universidades

O vice-reitor da Universidade de Aveiro, João Filipe Veloso afirmou que essa reunião internacional é importante para Portugal e o estado do Amazonas.

“Nós podemos juntar as sinergias das instituições e informações, além de criar novas realidades”, enfatizou o vice-reitor da Universidade de Aveiro.

O Nuriam

O Núcleo de Relações Internacionais do Amazonas (Nuriam) da Aleam tem objetivo de integração com entidades públicas em todas as esferas, além de integrar entidades privadas e acadêmicas. O núcleo é um projeto estratégico e inovador que visa impulsionar o desenvolvimento do nosso estado e fortalecer a competitividade internacional. Este núcleo terá como objetivo primordial diagnosticar, estudar, debater, propor e executar temas e ações de relevante interesse para o Amazonas no âmbito das relações internacionais.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui