Projeto pedagógico aproxima estudantes do cultivo de horta em escola estadual

0
40
FOTOS: Eduardo Cavalcante/ Secretaria de Estado de Educação e Desporto Escolar

A  Escola Estadual (EE) Raimundo Gomes Nogueira, localizada no bairro Alvorada, zona centro-oeste, iniciou este ano o projeto “Horta Escolar: Plantando Sementes para Educação Ambiental”, que integra o Programa Ciência na Escola (PCE), da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas (Fapeam), em parceria com a Secretaria de Estado de Educação e Desporto Escolar. O projeto, que tem por objetivo principal aproximar o estudante do cultivo de hortaliças,  iniciou em março deste ano.

A horta era um desejo antigo da comunidade escolar e vai além da questão pedagógica, pois possibilita aos alunos serem protagonistas de todo o processo. Alface, tomate, couve e coentro são algumas das hortaliças semeadas no local. 

“Os alunos são responsáveis desde as pesquisas científicas até o  plantio”, pontuou a diretora, Jennifer Carvalho.

Para a coordenadora do projeto e  professora de Ciências Biológicas,  Ana Meire Pinheiro,  o “Horta Escolar Plantando  Sementes para Educação Ambiental” desenvolve habilidades que vão além  do cuidado com a  natureza, a interação social e o trabalho em grupo. 

“Os  175 alunos estavam inseridos em todas as etapas do processo, desde a escolha das espécies, capina inicial, preparação do solo e  a semeadura”, explicou a Coordenadora do projeto.

Benefícios socioemocionais 

A iniciativa promove o aprendizado prático, trabalha habilidades socioemocionais como colaboração, respeito, empatia e o amor pela natureza.

Durante o desenvolvimento do projeto, após o plantio das hortaliças, os estudantes se revezavam  aos sábados,  para a manutenção da horta escolar, como limpeza e combate às pragas daninhas. 

Cultivadas  sem agrotóxicos, as verduras terão sabor diferenciado, proporcionando mais saúde e frescor às refeições. A implantação  e manutenção da horta traz benefícios emocionais e nutricionais para a comunidade escolar.

A estudante Maria Yasmin Melo, 12 anos,  do 7º ano, contou que antes da atividade, não tinha interesse nas práticas e cuidados com a natureza e nem com a alimentação saudável.

“Hoje por meio do projeto, além da alimentação saudável, sonho em cursar Agronomia”, compartilhou  a estudante.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui