Preço da passagem de barco custa até R$ 425 no Porto de Manaus; veja tabela

0
61
Foto: William Duarte/Rede Amazônica

O preço da passagem de barco custa até R$ 425 no Porto de Manaus, atualmente. A informação é da Agência Reguladora de Serviços Públicos Delegados e Contratados do Amazonas (Arsepam), que monitora os valores.

A Arsepam divulgou os valores praticados no Porto Público Privatizado de Manaus, no Centro da capital.

A partir do Porto de Manaus, 53 embarcações operam em 28 linhas/destinos, atendendo localidades das calhas do Alto, Médio e Baixo Solimões; e Médio e Baixo Amazonas.

A passagem mais barata custa R$ 120, e tem como destino Codajás. A passagem com o custo mais alto, R$ 425, tem como destino as cidades de Tabatinga e Benjamin Constante, situadas na região de fronteira do Amazonas com Peru e Colômbia.

Fiscalização

A Arsepam informou que equipes de fiscalização da autarquia estadual monitoram diariamente os valores praticados no Porto de Manaus.

De acordo com o diretor-presidente da agência, João Rufino Júnior, antes de qualquer aumento no valor das passagens, a Arsepam deve ser informada.

A instituição é a responsável pela coordenação e fiscalização do modal hidroviário intermunicipal.

Estiagem

A Arsepam disse que os preços das passagens de barco não tiveram reajuste durante a seca.

“O Departamento de Transporte Hidroviário (DETH) da autarquia está em contato direto com as associações de armadores para verificar o atual custo operacional em decorrência da estiagem. Todas as informações coletadas são repassadas ao Comitê Intersetorial de Enfrentamento à Situação de Emergência”, afirmou a instituição.

Com a seca, as embarcações que operam na região reduziram a capacidade. No momento, os barcos transportam, respectivamente, até 45% da capacidade total de passageiros e até 50% da capacidade total de cargas.

Conforme a Arsepam, a prioridade é para o transporte de alimentos e remédios. “A restrição é necessária para que as embarcações não encalhem”, destacou a autarquia.

Até o momento, a Ouvidoria da Arsepam não registrou denúncias de preços abusivos de passagens.

Segundo a instituição, durante a seca, as únicas reclamações são referentes aos horários de chegada e partida das embarcações, assim como a redução da frequência de viagens.

Denúncias

Os valores definidos para as passagens de barco não podem sofrer alterações sem aviso prévio à Arsepam.

Caso ocorram alterações, as denúncias podem ser feitas pelos telefones 0800 280 8585 (de segunda a sexta-feira, das 8h às 14h) e (92) 98408-1799 (disponível no WhatsApp 24 horas).

O órgão atende presencialmente nas dependências do Terminal Rodoviário Engenheiro Huascar Angelim (Rodoviária de Manaus), bairro Flores, Zona Centro-Sul; on-line, por meio do Sistema de Ouvidorias (Fala.BR); e-mail institucional [email protected] e Sistema Eletrônico de Informações ao Cidadão (e-SIC).

Tabela

A tabela com os valores dos preços das passagens de barco no Porto Público Privatizado de Manaus está disponível neste link.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui