Polícia Federal mira joalheiros que compram ouro ilegal de terra Yanomami

0
25
PF/Divulgação

A Polícia Federal (PF) deflagrou, nesta terça-feira (17/10), a Operação Golden com o objetivo de desarticular organização criminosa responsável por adquirir ouro extraído ilegalmente nos estados do Pará e de Roraima.

Segundo as investigações, o ouro era extraído ilegalmente em terras indígenas, incluindo o território Yanomami.

Joalheiros do DF

Em seguida, integrantes da organização criminosa transportavam o minério em caminhões e aviões para Goiás. Ao final, era negociado e entregue a joalheiros atuantes no Distrito Federal e no estado de São Paulo.

Ao todo, 92 policiais federais cumprem 33 mandados judiciais em Goiás, Pará, São Paulo e Distrito Federal, sendo 12 de prisão preventiva e 21 de busca e apreensão, além da determinação judicial do sequestro de 15 veículos de luxo (avaliados em mais de R$ 4 milhões) e de nove aeronaves (avaliadas em mais de R$ 15 milhões).

Os crimes investigados são os de lavagem de capitais, usurpação de minérios da União, crime contra a ordem tributária e organização criminosa. Com informações de Metrópoles.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui