Após atingir maior seca em 121 anos, Rio Negro continua descendo em Manaus

0
42
Foto: Carolina França/Rede Amazônica

Após atingir a maior seca em 121 anos, Rio Negro continua descendo em Manaus. Nesta terça-feira (17), a cota do rio está em 13,49. A previsão é que o nível das águas continue baixando até o início de novembro.

Manaus registrou a pior seca em 121 anos na segunda-feira (16), data em que o Rio Negro marcou 13,59 metros.

Segundo o Porto de Manaus, que mede o nível do Rio Negro desde 1902, esta é a pior seca registrada em Manaus. Até então, a maior vazante já registrada tinha sido em 2010, ano em que o Rio Negro desceu para 13,63 metros.

Em 2023, em quase toda a orla da capital, o cenário é o mesmo: o Rio Negro se afastou de Manaus e deu lugar a bancos de areia e pequenos filetes de água.

Os principais pontos turísticos de Manaus tiveram seus cenários alterados pelo fenômeno.

Desde o fim de setembro, a Prefeitura de Manaus decretou situação de emergência na capital. Naquele mês, o Rio Negro media pouco mais de 16 metros, três metros a mais do que o registrado atualmente.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui