FAB investigará militar que esfaqueou a companheira e tentou se matar

0
40
Reprodução

A Força Aérea Brasileira (FAB) informou que vai investigar a conduta do sargento Kelvin Ruan Gontijo, de 27 anos, preso nessa quinta-feira (12/10) após tentar matar a companheira a facadas.

A vítima, de 23, é também sargento, mas do Exército Brasileiro. Logo depois da tentativa de feminicídio, o militar tentou suicídio, mas foi contido por policiais. O caso foi registrado na 26ª Delegacia de Polícia (Samambaia Norte).

“A FAB acompanha o caso, colaborando com as autoridades policiais, e também abrirá um procedimento de apuração para elucidação dos fatos. No momento, o militar, que foi preso em flagrante, está sob escolta da Polícia Militar, no Hospital Regional de Ceilândia. Em seguida, após os devidos trâmites, será transferido para a guarda da Força Aérea Brasileira”, informou.

O Comando da Aeronáutica reiterou que repudia condutas que não representam os valores, a dedicação e o trabalho do efetivo em prol do cumprimento de sua missão institucional.

Tentativa de feminicídio

De acordo com informações preliminares, a discussão entre o casal, que tem uma filha pequena, começou por volta das 5h, no apartamento da família, na QN 316 de Samambaia Sul. A Polícia Militar foi acionada e conseguiu prender o agressor.

A mulher foi socorrida pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e levada ao Hospital de Base do Distrito Federal (HBDF). O estado de saúde dela não foi divulgado.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui