Adjuto Afonso entrega Titulo de Cidadã do Amazonas à empresária Luciana Felicori

0
31
Foto: Ney Xavier

O deputado Adjuto Afonso (União Brasil), protagonizou nesta quarta-feira (11), na Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), a entrega do Título de Cidadã do Amazonas para a empresária da área da gastronomia Luciana Felicori, que há mais de 40 anos atua no ramo culinário em Manaus. A propositura foi subscrita pelo presidente da Casa, deputado Roberto Cidade (União Brasil), deputado Abdala Fraxe (Avante) e deputada Débora Menezes (PL).

Felicori foi pioneira na implantação do modelo de self service no restaurante Sabor a Mi à época, com a geração de inúmeros postos de trabalho diretos e indiretos.

Em seu pronunciamento, Adjuto Afonso reconheceu a importância da empresária para o empreendedorismo em Manaus, “não escolhemos onde nascer, mas escolhemos onde viver. A empresária Luciana Felicori escolheu viver no Amazonas e construiu uma carreira gastronômica de sucesso. Sua história de empreendedorismo merece a homenagem que recebe hoje do povo do Amazonas. Hoje, Luciana sai daqui sendo amazonense de fato e de direito”, declarou o parlamentar.

Com o perfil empreendedor, Felicori se reinventou na pandemia, com a criação de um novo cardápio e uma nova metodologia de relacionamento com clientes. Para a empresária o título de cidadã amazonense significa um sonho realizado.

“O Amazonas é meu estado do coração, são 43 anos de muita dedicação e trabalho, com muitas dificuldades, mas que nunca foram em vão, começando pela escolha da maternidade em detrimento da carreira bancária, mas que levaram meu espirito inquieto de empreendedor ao sonho de ter meu próprio restaurante. Agradeço minha família e filhos, que levam a continuidade do meu legado e a minha equipe que sonharam junto comigo o restaurante Sabor a Mi”, declarou a homenageada.

O jornalista Oswaldo Lopes, diretor-presidente do sistema de comunicação Encontro das Águas, representou o governador do Amazonas na sessão, que também contou com a presença de Fátima Loureiro, defensora pública do Amazonas; padre Mauro Cleto, pároco da Igreja Católica; e Silvana Carvalho, diretora regional do Senac, além de familiares, amigos, empresários dentre outras personalidades do estado.

O restaurante pioneiro no formato self service, transformou-se em negócio familiar e hoje tem a segunda geração capitaneando a administração que se expandiu com restaurante de alta gastronomia Felicori, marcada pela união da sofisticação da culinária internacional e amazonense.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui