Governo do Amazonas segue com atendimentos a famílias atingidas por desbarrancamento em Beruri

0
33
FOTOS: Mauro Neto / Secom

O Governo do Amazonas já distribuiu 150 cestas básicas, cem garrafões de água de 20 litros e 180 frangos, além de 150 kits de higiene pessoal para apoio aos desabrigados e às famílias em situação de risco em Beruri (a 173 quilômetros de Manaus). No dia 30 de setembro, um desbarrancamento atingiu 45 imóveis, deixou outros 30 em situação de risco e afetou aproximadamente 300 pessoas na comunidade Arumã.

A comunidade fica localizada na Reserva de Desenvolvimento Sustentável (RDS) Piagaçu Purus. A região possui 67 comunidades onde vivem aproximadamente 5,5 mil pessoas. A Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema) faz a gestão da área.

“Nós trouxemos essa ajuda e ela foi de fundamental importância. Em uma parceria com a Prefeitura Municipal de Beruri, estamos finalizando a distribuição desses itens”, disse o gestor de Unidades de Conservação da Sema, Walbem Júnior.

Os trabalhos no local são coordenados pela Defesa Civil e Corpo de Bombeiros. A força-tarefa do Governo do Amazonas é composta também por profissionais das Secretarias de Estado de Assistência Social (Seas), Justiça, Direitos Humanos e Cidadania (Sejusc), de Saúde (SES), Meio Ambiente (Sema), Fundação de Vigilância em Saúde (FVS) e Instituto Médico Legal (IML).

A Sejusc mapeou as famílias afetadas e fez encaminhamento de emissão de documentos como RG, CPF e Certidão de Nascimento. “O trabalho principal é o social, para fazer o levantamento do que a comunidade mais necessita no momento, que é a alimentação e os documentos que eles perderam, até mesmo porque tem a questão dos auxílios que eles recebem. A gente tem que fazer esse levantamento principalmente dos documentos”, disse o assessor institucional da Sejusc, Klisman Silva.

A equipe da Seas está realizando cadastros das famílias, atendimentos psicológicos e psicossociais, além de visitas aos moradores de flutuantes da região.

Nesta quarta-feira (04/10), o Corpo de Bombeiros seguiu com o trabalho de análise do solo no local e acompanhamento das famílias para retirada de pertences. Os militares também mantêm a busca por desaparecidos. Até o momento, estão confirmados dois óbitos e três desaparecimentos.

A prefeita do município, Maria Lucir de Oliveira, destacou a ajuda do Governo do Amazonas. “Eu achei muito rápido. Ele (o governador) olhou com carinho para o nosso município e agiu com muita humanidade. Ele está apoiando muito a gente aqui. Eu quero agradecer muito ao Governo”, disse a prefeita.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui