Em Beruri, Wilson Lima acompanha trabalhos de força-tarefa e fala em audiência pública para definir rumo de famílias afetadas

0
27
FOTOS: Mauro Neto / Secom

O governador Wilson Lima acompanhou, na manhã desta quinta-feira (05/10), os trabalhos da força-tarefa do Governo do Amazonas na comunidade do Arumã, em Beruri (a 173 quilômetros de Manaus), onde um desbarrancamento ocorreu no último sábado (30/09). O governador fez um sobrevoo na região e também acompanhou de perto o trabalho dos bombeiros e a entrega de uma nova remessa de ajuda humanitária às famílias afetadas.

Na ocasião, Wilson Lima destacou que desde as primeiras horas do ocorrido, no último sábado (30/9), determinou a criação de uma força tarefa para atender a população atingida pelo desastre natural e destacou que o Governo do Estado seguirá atuando na área. Ele afirmou que, em um segundo momento, deverá realizar uma audiência pública para definir quem pretende permanecer morando próximo do local ou na sede do município.

“Nesse momento, o trabalho inicial é de procura pelas pessoas que estão desaparecidas. Nossos homens estão lá, inclusive mergulhadores, para saber o que é possível resgatar. Vamos trabalhar até o limite do que for possível para dar resposta para a comunidade. Estamos abrigando, junto com a Prefeitura, essas pessoas. Já entregamos cesta básica, kit dormitório, kit higiene, frutas e toda assistência social”, explicou Wilson Lima.

Ainda de acordo com o governador do Estado, em um segundo momento, o foco será o trabalho de reconstruir a vida das pessoas afetadas.

“Vamos fazer uma audiência pública para ouvir a comunidade. Tem pessoas que querem continuar na comunidade ao lado, que é a comunidade São Lázaro. Já autorizei a construção de uma escola. Já estou vendo um terreno para ser limpo e para ser feito um loteamento”, afirmou Wilson Lima, ressaltando que esse processo será discutido com a Prefeitura da cidade.

Acompanhando o governador e coordenando a força-tarefa na área, o comandante do Corpo de Bombeiros do Amazonas (CBMAM), coronel Orleilso Muniz, informou que as equipes com bombeiros, mergulhadores, assistentes sociais e de outras áreas seguirão auxiliando no local.

“Desde sábado, quando soubemos do problema, o governador Wilson Lima determinou que as equipes do Corpo de Bombeiros se deslocassem até o local, na comunidade do Arumã, e assim fizemos. Veio uma equipe de barco e outra de aeronave. Estamos atuando desde domingo e vamos permanecer no local por prazo indeterminado, até encontrar os corpos”, informou o comandante.

Além da visita ao local do desastre, o governador realizou entregas no Centro de Convivência do Idoso de Beruri, incluindo alimentos e outros itens de primeira necessidade para, aproximadamente, 300 pessoas afetadas pelo desbarrancamento que atingiu 45 residências e deixou outras 30 em risco.

“Eu quero só agradecer ao nosso governador, que no momento em que a gente mais precisou, ele deu as mãos, ele foi rápido com a ajuda e envio da equipe”, agradeceu a prefeita de Beruri, Maria Lucir de Oliveira.

Entregas

Depois de visitar a comunidade do Arumã e a comunidade São Lázaro, onde vivem 40 famílias, o governador Wilson Lima foi para a sede do município de Beruri, onde o Governo do Amazonas está fazendo entregas.

Entre as entregas realizadas nesta quinta-feira, estão 59 kits do programa “Merenda em Casa”, que atende estudantes da rede estadual que moram na Comunidade Arumã. Os alunos são todos do Ensino Médio Tecnológico, promovido por meio do Ensino Mediado do Centro de Mídias de Educação do Amazonas (Cemeam), da Secretaria de Estado de Educação e Desporto Escolar.

Ainda na área alimentar, a Secretaria de Estado de Justiça, Direitos Humanos e Cidadania (Sejusc) entregou arroz, feijão, macarrão, leite, açúcar, bolachas, frangos, e produtos de higiene pessoal, como papel higiênico, cremes dental e absorventes.

Uma tonelada de frutas também foi entregue. Entre as frutas, adquiridas por meio do Programa de Aquisição Familiar (PAF) da Agência de Desenvolvimento Sustentável do Amazonas (ADS), estão mamão, melancia, banana prata, banana pacovã e laranja.

A Defesa Civil do Estado entregou, ainda, 100 redes para dormir e 100 kits de higiene. Também foram distribuídos 10 mil copos d’água via Companhia de Saneamento do Amazonas (Cosama).

Além disso, 1 mil frascos de hipoclorito de sódio foram entregues para minimizar problemas com relação a água para consumo humano. A distribuição é feita pela Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas – Drª Rosemary Costa Pinto (FVS-RCP), que também orienta quanto ao uso correto do hipoclorito e realiza ações de educação em saúde voltadas à vigilância da qualidade da água.

Por meio da Secretaria de Estado do Meio Ambiente (Sema), o Governo do Estado já havia distribuído, ao longo dos últimos dias, 150 cestas básicas, 100 garrafões de água de 20 litros e 180 frangos, além de 150 kits de higiene pessoal para apoio aos desabrigados.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui