Caio André pede ação e união de todos contra queimadas

0
27
Foto: Mauro Pereira – Dicom

O presidente da Câmara Municipal de Manaus (CMM), vereador Caio André (Podemos), se manifestou, nesta quinta-feira (28/09), sobre as queimadas que ocasionam muita fumaça na capital e regiões adjacentes. Por meio das redes sociais, Caio André também falou sobre a seca dos rios que castiga a cidade e vários municípios no interior do Amazonas.

“Nossa capital segue encoberta por uma fumaça prejudicial, reflexo da irresponsabilidade de algumas pessoas que ainda insistem em brincar com a natureza. É preciso mais firmeza e fazer cumprir leis que punem quem pratica esses atos que prejudicam Manaus e o Amazonas”, afirmou Caio André, pelas redes sociais.

Caio André também ressaltou sua preocupação com a seca dos rios, ao afirmar que o Parlamento Municipal está agindo na forma da Lei, como órgão fiscalizador.

“Além disso, a vazante dos rios também preocupa bastante e nos deixa em alerta. Penso que é hora de unir forças para ajudar quem já está precisando de apoio. A Câmara Municipal está acompanhando, como poder fiscalizador, as ações do executivo no monitoramento da vazante e das queimadas”, enfatizou o presidente da CMM.

A plataforma do Sistema Eletrônico de Vigilância Ambiental do Estado (Selva), classificou a qualidade do ar desta quarta-feira (27/09) como ruim. A queimada urbana é considerada crime ambiental e coloca em risco a vida da população, a segurança dos animais e a destruição da flora. A pena é de um a quatro anos de prisão e multa.

Na quinta-feira (28/09), o prefeito de Manaus David Almeida (Avante), assinou o decreto que institui a situação de emergência no município, tendo em vista a vazante do rio Negro.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui