Corpos das 14 vítimas de queda de avião no Amazonas chegam a Manaus

0
26
Mauro Neto/Secom

Os corpos das vítimas do acidente de avião que matou 14 pessoas no sábado (16/9) chegaram a Manaus, no Amazonas, na tarde deste domingo (17/9). As aeronaves pousaram às 16h52 na Base Aérea de Manaus. Agora, os corpos seguem para perícia e análise do Instituto Médico Legal (IML). Depois, serão liberados às famílias.

Conforme o Metrópoles havia noticiado, o traslado estava previsto para este domingo. Os corpos chegaram ao Aeroporto de Ponta Pelada, na Base Aérea de Manaus.

Entre as vítimas estão seis executivos de Minas Gerais. Há, ainda, um empresário de Goiás, dois produtores rurais goianos, e um médico-cirurgião do Distrito Federal.

Os passageiros estavam a turismo na região, principalmente para a prática de pesca esportiva em Barcelos. O acidente é considerado o mais letal desde 2011, segundo a Rede de Segurança da Aviação (ASN).

O que se sabe

A aeronave do modelo Embraer EMB-110 Bandeirante levava 12 turistas a bordo, além do piloto e copiloto. Segundo o prefeito de Barcelos Edson de Paula Rodrigues, todos morreram.

A Força Aérea Brasileira (FAB) iniciou a investigação do incidente por meio do Sétimo Serviço Regional de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Seripa VII), órgão regional do Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa).

O avião saiu de Manaus e levava o grupo de turistas a Barcelos. A queda aconteceu por volta das 15h (horário de Brasília), próximo ao aeroporto da cidade amazonense. A aeronave modelo Bandeirante tem matrícula PT-SOG.

Chovia na cidade antes do acidente, o que pode ter contribuído para a tragédia. A chuva também causou falta de energia elétrica na região.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui