Deputado Sinésio Campos denuncia situação precária da Amazonas Energia

0
28

Na quinta-feira (14), o deputado Sinésio Campos (PT), que preside a comissão de Minas, Gás e Energia da Aleam, se pronunciou a respeito da notícia da possível transferência da concessão pública do serviço de energia no estado. O grupo econômico que controla a Amazonas Energia está buscando novos compradores para a concessionária. “É uma empresa que está com uma dívida chegando a 9 bilhões de reais, e continua prestando um desserviço tanto na capital quanto nos municípios. A situação é tão grave que se aproxima uma intervenção da ANEEL na Amazonas energia. Empresas como Equatorial Energia e grupos internacionais estão interessados, o que me preocupa muito”, discursou o parlamentar.

O parlamentar comparou a situação da Amazonas Energia com o processo de privatização do serviço de distribuição de água no Amazonas. Um dos perigos seria a segmentação da concessão, privatizando apenas a capital, deixando o interior nas mãos do poder público. “Me preocupo porque eu vi, lá atrás, o que fizeram com a COSAMA. Ela foi totalmente sucateada por conta de uma privatização irresponsável, onde ficaram com o filé, que era a capital, e o resto deixaram para o governo. Por exemplo, o Careiro da Várzea, aqui do lado, ainda é COSAMA. Por que não privatizaram lá também? Porque não é viável economicamente, aí deixaram com o governo”, declarou Sinésio Campos.

Na próxima semana Sinésio Campos estará representando a comissão de Minas, Gás e Energia da Aleam em Brasília junto à Agência Nacional de Energia Elétrica para discutir o assunto. “O que queremos é um preço de energia justo, não aos medidores aéreos, e sobretudo que o povo do Amazonas possa acompanhar passo a passo como será feito esse processo de transição do comando de energia daqui do nosso estado”, concluiu o deputado.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui