Prefeito crie coragem e assuma o sistema de transporte da cidade

0
482

A greve dos trabalhadores do sistema de transportes coletivos de Manaus, deflagrada na madrugada desta terça-feira, 15, demonstra como são tratados os funcionários das “empresas” de ônibus de Manaus e a população sofrida que depende desse tipo de transporte. Essa “empresa” aí é a Global Green. Apenas um nome bonito e “politicamente correto”. Mas só isso. No mais, ela se comporta com a mesma falta de responsabilidade de sempre.
Segundo os funcionários em greve, a “empresa” não cumpriu o acordo firmado (a convenção coletiva de trabalho) e não deu o reajuste combinado, nem a participação nos lucros, não depositou o FGTS e por aí vai. Um acinte.
A população de Manaus amanheceu nesta terça-feira, 15 de julho, com esse maldito “legado”: greve dos funcionários de ônibus, que deixou parados mais de 240 ônibus, forçando a população a depender dos “urubus” do “sistema”, ou seja, dos micro-ônibus “alternativos”, cujos proprietários estão rindo como hienas disputando a “carniça”.
As faixas mostradas pelos grevistas não deixam dúvidas quanto ao culpado imediato: o prefeito Arthur Neto, que avalizou um suposto acordo de pagamento mínimo de 1000 tarifas e outros benefícios.
É no que dá entregar o “sistema” para ser “gerenciado” pelos empresários via o sindicato patronal Sinetram. O Poder público delegou ao Sinetram o
Gerenciamento do sistema de ônibus, simbolizado pelo controle pelas gratuidades a estudante, velhinhos e outros beneficiários.
Essa delegação de responsabilidade (!?) é INCONSTITUCIONAL! A Lei Orgânica de Manaus proíbe essa delegação.
A questão, portanto, é eminentemente política, pois o prefeito entregou o “sistema” aos empresários, como quem entrega o “galinheiro” para as raposas tomarem conta.
Senhor prefeito, assuma essa responsabilidade! Não se esconda por trás de sindicatos, sejam de trabalhadores, sejam de patrões (o que é pior!) e retome essa questão de volta para a prefeitura administrar. Seu nome está sendo “homenageado” nas faixas dos grevistas. E isso pegar mal, o senhor não acha?
Coragem, prefeito Arthur! Assuma de volta o sistema de ônibus de Manaus. Crie coragem.
image (1) image

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui