Com medo de ser “corno”, adelescente mata rival com dois tiros na cabeça

0
637

Júlio César da Costa Nascimento, 21 anos, foi morto com dois tiros na cabeça por um adolescente de 17 anos que disse à polícia que matou porque a vítima dava em cima de sua namorada e que tinha medo de ser corno.

O menor foi preso por PMs juntamente com Ítalo Ribeiro da Silva, 22 e Ivan Nelson Benefíco da Silva, 21, que ajudaram no crime na noite de terça-feira, na Praça 14 de Janeiro, na rua Visconde de Porto Alegre.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui