Após alta, Schumacher dá entrada em hospital suíço

0
542

Horas depois de receber alta e deixar o hospital em que estava internado na França, nesta segunda-feira, o heptacampeão de Fórmula 1 Michael Schumacher deu entrada em um outro hospital, da Universidade de Lausanne, na Suíça. A informação foi confirmada pelo porta-voz do local, Darcy Christen, que, no entanto, não deu maiores informações sobre o estado de saúde do ex-piloto alemão.

Schumacher estava internado na cidade de Grenoble desde o dia 29 de dezembro do ano passado, quando sofreu um grave acidente de esqui. Nesta segunda-feira, no entanto, a representante do alemão, Sabine Kehm, surpreendeu ao anunciar que ele havia saído do coma e recebido alta do hospital francês.

A notícia gerou euforia no mundo do automobilismo e na Alemanha. Última equipe defendida por Schumacher, a Mercedes usou as redes sociais para se manifestar. “Notícias alentadoras esta manhã. Não podíamos pedir um melhor começo de semana. Siga lutando, Michael”, escreveu em sua página no Twitter.

O ex-piloto, de 45 anos de idade, foi internado com graves lesões na cabeça poucas horas depois do acidente que sofreu nos Alpes franceses, na estação de esqui de Meribel, onde o capacete que usava chegou a rachar por causa do forte impacto que teve com uma rocha no momento da queda.

Com o alemão em estado grave, os médicos optaram por colocá-lo em coma induzido, para que seu cérebro pudesse repousar e que a inflamação e inchaço no local fossem reduzidas. Ele também foi operado para eliminação de coágulos de sangue, mas alguns deles estavam muito profundos. Por isso, ainda é uma incógnita a sua situação neurológica.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui