UOL denuncia atraso e falhas nas obras da Arena da Amazônia

0
514

As obras da Arena da Amazônia administrada pela dupla de gestores (governadores fica melhor) Omar Aziz e José Melo são destaque desta quarta-feira, 11, no conceituado portal UOL, com a seguinte manchete: Estádio de Manaus tem obra até à noite e ninguém diz quando ficará pronto.

Pois é, Omar Aziz e José Melo, certamente, dirão que as notícias  UOL são plantadas pelo oposição, que não existem intercorrências nas obras da Arena,  que tudo está de acordo com ao fluxo de execução previsto pelo governo, ou ainda que a Arena Amazônia é problema deles, não da “imprensa do Sul” .

Nada disso, senhores ex e atual governador. A UOL tem toda razão. As obras da Arena estão mais do que atrasasas, sim. E primeiro jogo em Manaus, entre Inglaterra e Itália, começa daqui a dois dias.

E o que é que se vê? Verdadeiro corre-corre, homens, em ritimo acelerado, trabalham dia e noite, como se fossem máquinas, para dar conta do recado.

Vejam o que apurou a reportagem da UOL

Máquinas e caçambas passaram sobre o asfalto recém-colocado e provocaram a formação de sulcos. O nivelamento também deixou a desejar.

E ainda falta pintar as faixas demarcando as vagas, colocar a sinalização e preparar a terra para plantar grama nas imediações do estacionamento. A falta de postes sugere que a iluminação será precária. Existe somente um poste, mas não tem sequer a estrutura para fixação de lâmpada.

O relato dos operários explica o atraso no estacionamento. Eles contaram que chegaram ao canteiro de obras no início de maio e o terreno sequer estava com a terraplanagem pronta.

Além do estacionamento, no entorno da Arena Amazônia havia homens passando fios pelos postes. Detectores de metais e máquinas de raio X, usados na segurança do acesso dos torcedores, ainda estavam em caixas. Sem tempo para fazer o essencial, o acabamento ficou em segundo plano.

Há resto de obra e sujeira em vários pontos das imediações do estádio, sejam pedaços de papelão, plástico ou sacos de areia. Com tantas obras o trânsito nas ruas que contornam o estádio está complicado. É comum uma faixa da pista de mão dupla ser fechada para a entrega de equipamentos ou movimentação de máquinas.

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui