Argentino é morto e crucificado com cartaz de ‘não roubarás’

0
678

A polícia argentina de Córdoba (centro) encontrou nesta sexta-feira um homem preso a uma cruz de madeira com uma placa dizendo “não roubarás”. Doze policiais suspeitos de estarem envolvidos no crime foram afastados dos seus cargos.

O homem, de 27 anos, declarou ter sido espancado por policiais da (vizinha) província de Santa Fé e, em seguida, amarrado dessa forma e abandonado na cidade de San Francisco, explicou a promotora local, Leonor Failla, à imprensa local.

A polícia encontrou a vítima com o rosto coberto por fita adesiva, a mesma que foi utilizada para amarrar os braços e as pernas em uma peça em forma de cruz de madeira.

Em seu peito penduraram um cartaz escrito à mão com a frase “Não roubarás”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui