Doença que ‘derrete’ a pele coloca cidade em Goiás na pauta médica mundial

0
605

Xerodermia pigmentosa é uma doença genética que aparece em larga escala em Araras, interior de Goiás. Médicos ainda estudam a doença, muito difícil de ser diagnosticada e que deixa a impressão de que a pele está derretida em suas vítimas. A impressão ao primeiro olhar é de que a pele está derretendo e formando enormes bolhas.

Isso porque a Xerodermia pigmentosa é uma desordem genética que tira a capacidade do organismo de remover o dano causado pela radiação ultravioleta (UV).

Em Araras, no interior de Goiás, a XP, como é conhecida a doença, afeta boa parte de moradores de uma comunidade agrícola que ganha sua vida com trabalho ao ar livre.

“Estamos sempre no sol, trabalhando e plantando, colhendo arroz ou alimentando as vacas. Com o passar do ano meu problema só piorou”, afirma Djalma Antonio Jardim, de 38 anos e vítima da XP. Em parte de seu rosto, que foi retirada em cirurgia, ele utiliza uma prótese laranja em substituição da pele.
Além dos problemas com a possibilidade gigante de desenvolvimento de câncer, os pacientes de XP ainda sofrem com a ameaça de outras várias complicações oriundas da doença.

doença12

 

doença4

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui