Daniel Alves pede que torcedor que lhe atirou banana recupere o emprego

0
486

O lateral brasileiro Daniel Alves, do Barcelona, pediu que David Campayo Lleo, torcedor que jogou uma banana em sua direção no campo do Villarreal, no final de abril, recupere o trabalho. “Minha única preocupação é que o garoto perdeu o emprego e eu não queria isto. Não queria prejudicar ninguém, ele fez uma brincadeira e as pessoas ficaram revoltadas”, disse o jogador, em entrevista à rádio RAC1.

“Peço que devolvam seu trabalho”, disse o ala, convocado nesta semana para defender a seleção brasileira na Copa do Mundo.

Segundo a imprensa espanhola, o jovem trabalhava com as equipes de base do Villarreal, que proibiu seu acesso pelo resto da vida às instalações e ao estádio do clube, o que provocou a perda do emprego.

O Villarreal não comentou a questão para proteger a identidade do envolvido, que também pode ser condenado a uma pena de entre um e três anos de prisão pelo ato de racismo.

Durante a entrevista, Alves se mostrou compreensivo com o jovem, que “não sabia o que estava fazendo”, afirmou sobre o ocorrido no jogo de 27 de abril em que o Barça derrotou o Villarreal por 3 a 2.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui