Melo: “Se não entregar a obra, mando cortar seu testículo com bisturi sem anestesia”

0
506

Por Hiel Levy*
A cena foi presenciada por várias pessoas durante a visita do governador José Melo (Pros) às obras do hospital de Iranduba, ontem. Diante da reclamação de algumas pessoas pela demora na entrega, o mandatário colocou o dedo na cara do construtor e tascou: “Se você não entregar essa obra em 20 dias, mando cortar seus testículos com bisturi, sem anestesia”.
Esta foi apenas uma das muitas trapalhadas do governador e sua trupe em Iranduba. Os assessores, percebendo que não haveria muita gente para recepcionar a autoridade, exigiram dos diretores das escolas locais que liberassem os alunos para ir ao encontro de Melo, mas ressaltando que quem pegasse outro rumo seria considerado faltoso.
Funcionários dos postos de saúde locais também foram convocados. Uma das gerentes foi abordada pelo irmão e secretário extraordinário do governador, Evandro Melo, que lhe disse, dedo em riste: “Já estou com a foto em que você aparece ao lado do Eduardo Braga (senador e pré-candidato a governador pelo PMDB, que visitou o município duas semanas atrás)”. Era uma ameaça velada de perda do cargo.
O pior é que a turma de Melo está fazendo isso às claras, como se fosse a coisa mais natural do mundo.
*Hiel Levy é jornalista profissional e administrador do blogdohiellevy.com.br
http://blogdohiellevy.com.br/site/noticia/2014/04/18/melo-se-nao-entregar-a-obra-mando-cortar-seu-testiculo-com-bisturi-sem-anestesia/

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui