Juíza decreta prisão de Anderson Pavarotti acusado de estuprar deficiente de 12 anos

0
744

A juíza plantonista Rosália Guimarães Sarmento expediu mandado de prisão para o levantador de toadas Anderson Figueiredo da Silva, o Anderson Pavarotti, sob a acusação de estuprar uma menor de 12 anos, que seria deficiente física. Ele é o levantador oficial do Bumbá Garanhão, bicampeão do Festival de Manaus, e um dos que interpretam toadas do Bumbá Caprichoso, de Parintins, onde não é item oficial.
O mandado, que ainda não foi cumprido, foi expedido quinta-feira da semana passada (10/04). Investigação policial e processo correm em segredo de Justiça, para preservar a menor.
A prisão foi pedida pela delegada da Assistência e Proteção à Criança e Adolescente (Depca), Linda Gláucia, mas negada pelo Ministério Público Estadual (MPE). “Isto posto, e por tudo mais que dos autos constam, deixo de acolher o parecer Ministerial retro e defiro a representação oferecida pela autoridade policial e por conseguinte decreto a prisão preventiva do acusado”, diz o despacho da plantonista.
A determinação é que Anderson Pavarotti seja preso e recolhido à Cadeia Pública Raimundo Vidal Pessoa, na 7 de Setembro, “até ordem contrária do juízo para o qual seja o feito distribuído ou de Instância Superior”.
 
 
 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui