Greve dos motoristas de ônibus deixa milhares de trabalhadores sem transporte

0
466

Trabalhadores, estudantes, o povo em geral que dependem do serviço de transporte coletivo foram surpreendidos na manhã desta segunda-feira, 07, com a paralisação do sistema, além do permitido pela lei. Nenhum ônibus dos 70% da frota que deveriam circular no dia de hoje, conforme decisão da justiça, circulou na manhã de hoje em Manaus.
Os transtornos foram de toda ordem. Embora alguns usuários tenham se aventurado chegar ao seu destino a pé, a grande maioria voltou para suas casas.
A decisão assinada pela desembargadora plantonista do Tribunal Regional do Trabalho (TRT) da 11º Região, Ormy da Conceição Dias Bentes, determinando que 70% da frota de ônibus deveria circular nesta segunda-feira.
O sindicato não deu a mínima, mesmo sabedor da multa de R$ 50 mil estipulado pela desembargadora, que atendeu o pedido de tutela antecipada do Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Estado do Amazonas (Sinetram) para garantir a circulação de ônibus no intervalo das 6h às 9h e 17h às 20h, suficientes para a demanda no horário de pico.
 
 
 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui