Ribeirinho escapa de ter a cabeça esmagada por uma árvore em Manacapuru

0
584

Por um fio de sorte e uma ajudazinha mais do que bendita de frondosas árvores, o riberinho José Tinoco, 40 anos, escapou de ter a cabeça esmagada, na manhã de terça-feira, 18, por gigante sumaumeira em região do Rio Manacapuru.

Certo de que os cálculos feito para que tudo ocorresse de forma segura, Tinoco foi surpreeendido com a sumaumeira em sua direção.

“Tudo foi calculado para que a árvore caísse em sentido oposto à nossa posição. Deu tudo errado. Graças a Deus e a outras árvores, que desviaram o curso de queda da sumumeira, fui atingido apenas de raspão no rosto”, comenta.

Residente na região ribeirinha do Rio Manacapuru, Tinoco declarou que acidentes acontecem, mas que não lhe falta experiência sobre manejo e corte de árvores

No local do acidente havia uma semana que Tinoco trabalhava na derrubada de árvores para a construção de uma casa para morar.

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui