Deputados vão às porradas no plenário da Assembleia Legislativa

0
554

Os deputados Luiz Castro (PPS) e Ricardo Nicolau (PSD), este, envolvido em rumoroso escândalo – digamos, fraude e outras cositas más- de licitação, como então presidente do poder legislativo, resolveram ficar cara-a-cara e colocar em pratos limpos as suas reais diferenças democráticas e republicanas.

Os dois foram quase às porradas no plenário da Assembleia Legislativa, quinta-feira, 13, que registrou cenas lamentáveis, o nível  de caráter e a grandeza de espírito público dos representantes do povo quem compõem aquele poder.

leia mais

http://www.blogdocastelo.com.br/assembleia-legislativa-aborta-pela-segunda-vez-cpi-da-pedofilia/

No calor do debate, que gravitou em torno da CPI da Pedofilia, sepultada pela segunda vez, Ricardo Nicolau disse que tramita na Corregedoria da ALE processo de investigação contra Luiz Castro, causador de um acidente de trânsito que culminou com a morte da estudante de medicina Renata Lobato, de 23 anos.

O acidente, segundo Nicolau, ocorreu na madrugada do dia dia 18 de agosto do ano passado na rua Vidal de Mendonça, bairro Novo Israel, Zona Norte de Manaus.

Feita a revelação, no plenário do legislativo estadual foi só baixaria. As formalidades protocolares e regimentais foram para o espaço.

“Bandido, assassino, pedófilo, filho dessa, filho daquela”, etc. e tal (torpezas?), saíram do repertório poético e literário dos nobres pares que por muito pouco não transformaram aquele já conspurcado espaço legislativo em octógano de MMA.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui