STF determina prisão de Roberto Jefferson, delator do mensalão

0
649

O Supremo Tribunal Federal (STF) expediu nesta sexta-feira o mandado de prisão de Roberto Jefferson, delator do mensalão, como ficou conhecido esquema de compra de apoio político no primeiro mandato do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Condenado a mais de 7 anos por lavagem de dinheiro e corrupção passiva, Jefferson era deputado federal e presidente do PTB à época do escândalo. Também recebeu recursos do esquema, mas teve a pena atenuada pela Corte por ter denunciado o caso.
Segundo a assessoria do STF, Jefferson cumprirá pena em regime semi-aberto mas não há detalhes sobre quando será efetivamente preso.
O julgamento resultou na condenação de 25 réus, dentre eles lideranças petistas da época, como o ex-ministro da Casa Civil José Dirceu, o ex-presidente do PT José Genoino e o ex-tesoureiro do PT Delúbio Soares.

Na próxima semana, o Supremo deve iniciar a votação de embargos infringentes do processo, recurso que questiona condenações pelos crimes de formação de quadrilha e lavagem de dinheiro.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui