Ex-prefeito de Itapiranga terá de devolver aos cofres públicos R$ 794,2 mil

0
482

O Tribunal de Contas do Estado do Amazonas (TCE-AM) julgou reprovou as contas do ex-prefeito de Itapiranga, José Nivalter Correira Lima, do ano de 2008.

O gestor terá de devolver aos cofres públicos o valor de R$ 794,2 mil, em multas e glosa. Na mesma sessão, o pleno julgou ainda quatro contas irregulares e cinco contas regulares.

José Nivalter terá ainda de devolver aos cofres públicos glosa no de R$ 772,3 mil por não ter comprovado improbidades em obras e serviços de engenharia no município, tais como, reformas dos postos de saúde, escolas municipais, reforma e conservação de Unidade de Saúde do município, ampliação da rede de distribuição de energia elétrica, não comprovação do fornecimento de material de construção, entre outras irregularidades.

Na mesma sessão tiveram as contas reprovadas o ex-prefeito de Amaturá, Luiz Pereira (ano de 2006), que foi multado no valor de R$ 28,4 mil e a diretora-presidente do Instituo de Trânsito e Transporte de Iranduba (IMTT), Eliane Souza Amorim (de 2012), também multada em R$ 14,2 mil. Nos dois processos, o relator foi o auditor Mário Filho, na condição de conselheiro convocado.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui