Cão da Polícia Militar chega aos três desaparecidos na Reserva indígena de Tenharim

0
585

Os corpos de Stef Pinheiro, Aldeney Ribeiro e Luciano Freire, desaparecidos desde o dia 16 de dezembro de 2013, na Transamazônica foram encontrados ontem, às 4 horas da tarde, depois de 7 horas de buscas.

Os índios que estão presos em Porto Velho, na sede da PF, deram informações sobre a área em que foram enterrados os corpos. As informações não eram precisas.

O cachorro Horus farejou toda a área e indicou com precisão uma cova com dois metros de profundidade onde estavam os corpos.

Segundo o tenente Cordeiro, que participou das buscas, o treinamento do cachorro é feito com carne de porco que é enterrada numa garrafa junto com uma bolinha, o brinquedinho do cão.

A carne entra em estado de putrefação. O cão fareja até encontrar a bolinha juntamente com a carne apodrecida.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui