Ex-miss Venezuela e marido são mortos durante assalto

0
935

A atriz, modelo e ex-miss Venezuela Mónica Spears Mootz, de 29 anos, e seu marido, o irlandês Thomas Henry Berry, de 49 anos, morreram baleados por criminosos que, além disso, feriram a filha do casal de 5 anos, segundo versões oficiais.

O Ministério Público, que designou dois promotores para investigar o fato, disse em seu site que os corpos de ambos ‘foram achados na segunda-feira, 6 de janeiro, no interior no veículo no qual viajavam, no sentido Puerto Carbello-Valencia’.

A filha do casal, acrescentou, foi transferida a um centro de assistência, ‘onde recebeu tratamento médico e permanece em situação estável’.

O fato aconteceu na noite de segunda-feira em uma estrada do estado de Carabobo, quando os três esperavam auxílio no interior do veículo no qual viajavam e que parou por um problema técnico, segundo emissoras privadas.

As emissoras privadas ‘Globovisión’ e ‘Unión Rádio’ disseram que o casal, que supostamente resistiu a uma assalto, se encontrava de férias com a filha, pois residia nos Estados Unidos, onde ambos trabalhavam.

Mónica nasceu em 1984 na cidade de Maracaibo, capital do estado Zulia, ganhou o concurso de beleza Miss Venezuela em 2004 e no ano seguinte participou do Miss Universo em Bangcoc, Tailândia, ficando em quarto lugar.

Após isso, Mónica se tornou atriz e participou de várias telenovelas.

A Venezuela é um dos países mais violentos do mundo, com 39 assassinatos por cada 100 mil habitantes, segundo disse na semana passada o ministro do Interior, Miguel Rodríguez, ao rebater números da ONG Observatório Venezuelano de Violência (OVV) que aumentou essa taxa para 79 por cada 100 mil habitantes.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui