Schumacher foi operado e está em estado crítico

0
572

O ex-piloto alemão Michael Schumacher se encontra em estado crítico após ter sofrido neste domingo uma queda esquiando nos Alpes Franceses e foi submetido a uma cirurgia cerebral, informou o hospital de Grenoble onde o heptacampeão mundial de Fórmula 1 está internado.

“Schumacher sofria um traumatismo craniano grave com coma durante sua chegada, o que exigiu imediatamente uma intervenção neurocirúrgica”, divulgou o Centro Hospitalar Universitário de Grenoble em comunicado, no qual acrescentou que o ex-piloto se encontra “em estado crítico”.

Trata-se do primeiro boletim médico oficial sobre o estado de saúde do ex-atleta, que sofreu um acidente esquiando fora de pista na estação alpina de Méribel, onde tem uma residência particular.

Ele usava capacete no momento da queda
Segundo a emissora francesa “RMC Sports”, o alemão, de 44 anos, sofre uma hemorragia cerebral e corre risco de morte.

O acidente aconteceu às 11h07 (local, 8h07 de Brasília), e o ex-piloto foi levado ao hospital de Moutiers.

O diretor-geral da estação, Christophe Gernignon-Lecomte, chegou a declarar que a queda não havia sido grave e que o alemão, que estava acompanhado do filho de 14 anos, não perdeu a consciência em momento algum.

No entanto, quase duas horas depois, Schumacher foi transferido de helicóptero para o Centro Hospitalar Universitário de Grenoble, com mais recursos que o hospital de Moutiers.

O cirurgião Gérard Saillant, um especialista neurologista amigo do ex-piloto se dirigiu de Paris até Grenoble, de acordo com o jornal francês “L’Équipe”.

Ainda de acordo com o periódico, a esposa e os três filhos do heptacampeão também se encontram no local.

Leia a íntegra do comunicado oficial:

O senhor Schumacher deu entrada no hospital em Grenoble às 12h40m (horário local), na sequência de um acidente de esqui em Méribel, no final da manhã. À sua chegada, ele sofria de um traumatismo craniano grave, em coma, o que exigiu intervenção neurocirúrgica imediatamente. Ele permanece em uma situação crítica – afirma o comunicado lido pelo diretor do hospital, Jean-Marc Grenier, e redigido com consenso da família.

Recordista de títulos mundiais da principal categoria do automobilismo mundial, Schumacher teve um trauma grave ao bater a cabeça em uma pedra enquanto esquiava. Ele foi levado de helicóptero ao hospital Moutier, a 17 km do local, menos de dez minutos após a queda. Logo depois, foi removido a outro hospital, em Grenoble, onde está internado.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui