Greve pode comprometer obras da Arena da Amazônia

0
542

O Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias da Construção Civil do Estado do Amazonas (Sintracomec-AM) planeja uma greve na construção da Arena da Amazônia que receberá a Copa do Mundo.

“O ideal seria uma greve geral para mostrar a realidade da arena que ninguém quer ver. O Governo mostra tudo bonito. As pessoas só destacam os pontos positivos dessa obra e esquecem dos que estão fazendo ela acontecer. Na segunda-feira, estaremos lá, exigindo os direitos dos trabalhadores e falando sobre essa realidade”, disse o presidente do sindicato, Cícero Custódio.

“A empresa [Andrade Gutierrez] é uma das principais culpadas. O [Miguel] Capobiango não está nem aí para os trabalhadores. Ele só quer saber da Arena e já mostrou isso várias vezes. Da última vez que um trabalhador morreu lá foi a mesma coisa”, reclamou.

“Este acidente aconteceu porque não havia um técnico de segurança do trabalho no local. O Ministério do Trabalho tem que sair da cadeira e ir fiscalizar a obra também à noite”, completou Custódio.

Na madrugada deste sábado, Marcleudo de Melo Ferreira, de 22 anos, caiu de uma altura de 35 metros, enquanto trabalhava na obra da Arena da Amazônia, e não resistiu aos ferimentos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui