Câmara Municipal de Manaus transformada em “quintal da prefeitura”, destaca jornalista

0
657

O clima esquentou hoje na Câmara Municipal de Manaus, depois que a coluna Sim&Não, do jornal A Crítica, publicou notas afirmando que o atual presidente Bosco Saraiva (PSDB) estaria negociando com o líder do prefeito, Wilker Barreto (PHS), com apoio do chefe, a aprovação de um projeto prevendo a reeleição para a direção do poder dentro de uma mesma legislatura, um casuísmo deslavado que funcionaria como uma espécie de prêmio pela lealdade canina, e ao mesmo tempo perversa para a democracia, com que os dois parlamentares conduzem o Parlamento.

Dois vereadores estavam especialmente irritados – o líder tucano Ednailson Rozenha e Marcelo Serafim (PSB). Ambos sonham em suceder Bosco na direção da Casa a partir de 2015. Eles passaram a sessão de hoje conversando com colegas para barrar o pleito.

A administração de Bosco está longe de ser uma unanimidade entre os vereadores, mas é totalmente aprovada pelo prefeito Artur Neto. Ele barrou todas as inciativas de investigação da oposição e aprovou todos os projetos de interesse do Executivo, sem exceções. A Câmara nunca mereceu tanto a alcunha de “quintal da prefeitura”. Os dois rebeldes sabem, entretanto, que o projeto da reeleição vai passar se a ordem vier do Paço Municipal.

Ainda assim, vão fazer muito barulho para rejeitar a proposta. Até porque só quem ganha com ela é o próprio Bosco e Wilker, que teria o apoio do aliado para se eleger deputado estadual.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui