Funcionários que faziam sexo na escola são demitidos

1
1340

Após protestos de pais de alunos e grande repercussão nas redes sociais, um inspetor e uma faxineira foram afastados de suas funções na Escola Municipal Quintino Bocaiúva, no Rio de Janeiro. Ambos foram flagrados fazendo sexo na secretaria do colégio.

“A Secretaria ressalta que não admite este tipo de conduta inadequada por parte dos nossos funcionários”, afirma nota emitida pela Secretaria Municipal de Educação, que informa também que uma sindicância foi aberta para apurar melhor o caso.

De acordo com a Secretaria, o ato sexual entre faxineira e inspetor ocorreu fora do horário de aulas. As cenas foram divulgadas após terem sido encontradas por um aluno em um pen drive.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui