Paulinho pode ser deportado da China

Compartilhe:

O volante Paulinho, que joga no time chinês Guangzhou Evergrande e é homem de confiança do técnico Tite na seleção brasileira, pode ser deportado da China por fazer propaganda para um site de apostas ao lado de uma atriz pornô, o que é considerado ilegal naquele país, assim como a pornografia.

De acordo com o jornal inglês Daily Mirror, o brasileiro deve ser investigado pelas autoridades chinesas e também pela liga de futebol do país. Além disso, o vídeo da publicidade teria sido gravado na casa do jogador, que é casado.

Caso Paulinho seja mesmo expulso da China, o que não vai faltar é país querendo ter o futebol do jogador. O Bayern de Munique, da Alemanha, já manifestou interesse em contratar o atleta, que tem brilhado com a camisa amarela do Brasil.