Após pressão, Robinho suspende contrato com Santos e se pronuncia: ‘É melhor que eu saia’

Compartilhe:

Santos anunciou nesta sexta-feira a suspensão do contrato do atacante Robinho.

A contratação do jogador gerou muita polêmica por conta do processo que corre contra ele na Itália, em que Robinho foi condenado em primeira instância sob a acusação de uma mulher albanesa sobre violência sexual coletiva em 2013. A condenação a nove anos de prisão ocorreu em 2017. Robinho nega o sexo sem consentimento e se defende em liberdade. A análise do processo em segunda instância ocorrerá em dezembro.

A suspensão foi anunciada por meio de uma nota oficial do clube alvinegro.

“O Santos Futebol Clube e o atleta Robinho informam que, em comum acordo, resolveram suspender a validade do contrato firmado no último dia 10 de outubro para que o jogador possa se concentrar exclusivamente na sua defesa no processo que corre na Itália”, diz a nota.

Através do Instagram, Robinho também fez sua declaração.

“Galera, aqui é o Robinho. É claro que com muita tristeza no coração venho falar para vocês que tomei a decisão junto ao presidente pela suspensão do meu contrato nesse momento conturbado da minha vida. Meu objetivo sempre foi ajudar o Santos Futebol Clube, e se de alguma forma estou atrapalhando, é melhor que eu saia e foque nas minhas coisas pessoais. Para os torcedores do Peixão, aqueles que gostam de mim, com certeza eu vou provar para vocês a minha inocência. Um abraço”, disse.

A suspensão do contrato vem após torcedores e patrocinadores do clube pressionarem a diretoria pelo fim do vínculo por conta das novas provas divulgadas contra o atacante pelo GloboEsporte.com. Com informações de ESPN.