A revolução da educação pela matemática

Compartilhe:

O Brasil ficou entre os dez países com melhor pontuação na Olimpíada Internacional de Matemática (IMO), a maior competição entre estudantes de 14 a 19 anos do ensino médio do mundo. Com 165 pontos, a equipe brasileira, formada por seis estudantes, superou os times da Alemanha, França, Japão e Canadá. Divulgado na semana passada, o resultado é o melhor em 39 anos e contrasta com a triste realidade do nosso ensino: seguimos entre os dez países com os piores resultados em matemática no Pisa. Isso significa que metade dos alunos de 15 anos no país não sabe fazer sequer as contas mais básicas.