22.7 C
Amazonas
terça-feira, abril 20, 2021

“Meu coração diz que estão vivos”, diz avó de desaparecidos no Rio

Apesar de estar há 2 meses sem notícia dos netos, Sílvia Regina da Silva, 58 anos, não perde as esperanças. Ela é avó de dois dos três meninos desaparecidos desde 27 de dezembro, em Belford Roxo, na Baixada Fluminense, Rio de Janeiro. As informações são de Metrópoles.

“Meu coração diz que eles estão vivos”, diz a avó. Na quinta-feira (4/3), Sílvia e Camila Paes da Silva, mãe de uma das crianças, estiveram no programa Encontro com Fátima Bernardes, onde desabafaram. “Uma hora eles vão aparecer”, completa.

Lucas Matheus da Silva, de 8 anos, Alexandre da Silva, 10 anos, e Fernando Henrique Ribeiro Soares, de 11, foram vistos pela última vez em 27 de dezembro, em uma quadra de futebol da comunidade onde moram.

A avó de Lucas e Alexandre acredita que os meninos foram raptados, por alguém que conhecia a rotina da família. “Para mim, eles estão presos. Não foram sequestrados. Alguém conhecido pegou e está com essas crianças. Não sei o motivo, mas estão com essa pessoa, porque eles não andavam com gente entranha”, diz Silvia.

Abatida, Camila concorda e diz ter fé de que o filho esteja vivo. Em vídeo, Tatiana da Conceição, mãe de Fernando Henrique, fala diretamente para o menino. “Seus irmãos ficam perguntando por você. Perguntando que dia você vai voltar. Eu vou lutar até o fim para achar você. A mamãe te ama muito”, diz Tatiana.

As famílias, que moram no Morro do Castelar, em Belford Roxo, já assistiram as imagens de mais de 40 câmeras de segurança, mas não identificaram nada que pudesse revelar o paradeiro dos pequenos.

A Polícia Civil do Estado do Rio de Janeiro (PCERJ) acredita que traficantes da região tenham envolvimento com o desaparecimento dos meninos e investiga o caso.

Related Articles

Fique conectado

FansLike
FollowersFollow
0FollowersFollow

Outras matérias