21.8 C
Amazonas
sábado, dezembro 4, 2021

Hacker invade e usa Instagram de cantora para vender iPhone 12 fake

A cantora e empresária Rafaele Alves de Toledo, 40 anos, surpreendeu-se quando tentou acessar a conta dela no Instagram e havia perdido o acesso ao próprio perfil. Senhas e e-mail haviam sido trocados sem que ela soubesse. Hackers passaram a comandar a rede social e a disparar anúncios falsos nos stories para aplicar golpes nas pessoas que seguiam o perfil.

Segundo a vítima, quando conversava com amigos pelas redes sociais, recebeu um link e, de forma distraída, acabou clicando. Em seguida, os hackers passaram a controlar a conta após mudar todas as chaves de acesso. “Realmente não percebi, achando que o link tinha sido enviado por um dos amigos que eu conversava”, contou Rafaele.

Veja imagens dos falsos anúncios:

Em questão de minutos, os golpistas passaram a usar o perfil da cantora para publicar falsos anúncios de supostos produtos, como Iphone 12, televisões e até geladeiras, sempre com preços atrativos. Foi questão de tempo até que alguns dos seus seis mil seguidores começassem a cair nos golpes. “Estou desesperada porque não consigo bloquear a conta e os representantes do Instagram não respondem e nem derrubam o perfil”, desabafou.

Veja desabafo da cantora que teve o perfil hackeado:

Vítimas aparecem

Para se resguardar, Rafaele registrou boletim de ocorrência na 1ª Delegacia de Polícia (Asa Sul). O caso é apurado como estelionato pelos investigadores. Mesmo após gravar vídeos e tentar alertar o maior número possível de amigos e pessoas conhecidas, a cantora começou a receber mensagens de vítimas que fizeram transferências via PIX para uma conta dos criminosos.

Segundo Rafaele, tudo ocorreu muito rápido, com as postagens falsas com fotos de um Iphone 12 sendo oferecido pelos criminosos por R$ 4,8 mil, além de uma TV Smart e uma geladeira duplex por R$ 1,8 mil.

“Infelizmente, pelo menos umas quatro pessoas entraram em contato comigo avisando que já haviam feito o pagamento e gostaria de retirar os produtos. Precisamos tirar esse perfil do ar antes que mais pessoas caiam no golpe”, disse.

A coluna entrou eu contato com a assessoria do Instagram, em São Paulo, mas até a publicação desta matéria ninguém respondeu sobre as medidas que poderiam ser tomadas. O espaço permanece aberto para manifestações. Com informações de Metrópoles.

Related Articles

Fique conectado

FansLike
FollowersFollow
0FollowersFollow

Outras matérias