32 C
Amazonas
quarta-feira, julho 28, 2021

Chega a 70 número de novos brigadistas florestais capacitados para atuar contra queimadas em 2021

O Governo do Amazonas já realizou, de abril a maio deste ano, a formação de 70 brigadistas florestais, para apoiar o combate a focos de queimadas em 2021. A meta inicial é que as atividades de capacitação formem, ao todo, 100 novos brigadistas até o mês de julho, em sete municípios, a fim de reforçar os trabalhos realizados pelas equipes da Operação Tamoiotatá.

A formação de brigadistas é liderada pela Secretaria de Estado do Meio Ambiente (Sema), em parceria com a Defesa Civil do Amazonas e Corpo de Bombeiros, com apoio das prefeituras e das secretarias municipais de meio ambiente. O secretário do Meio Ambiente, Eduardo Taveira, destaca que o Estado já atingiu 70% da meta total de capacitação.

“O Governo do Amazonas, por meio da Sema, está trabalhando, além do combate aos crimes ambientais, na prevenção dessas ações. Nós estamos formando brigadistas antes do período mais crítico de queimadas para, quando chegar o verão, nós termos pessoas capacitadas para reforçar a atuação em seus respectivos municípios”, disse.

Os 70 brigadistas já formados vão atuar nos municípios de Lábrea (26 brigadistas), Manicoré (20) e Boca do Acre (24). É o que explica o biólogo e assessor técnico do Núcleo de Educação Ambiental da Sema, Israel Dourado, responsável pelas capacitações.

“A proposta é que eles atuem no suporte local à prevenção de incêndios, em articulação com a Defesa Civil local e, também, com as equipes da Operação Integrada Tamoiotatá, que estão no sul do Amazonas desde o início de abril, atuando contra o desmatamento e as queimadas na região”, enfatizou.

Novas formações – Os próximos municípios a receberem as formações são: Humaitá, Apuí, Canutama e Boca do Acre. As capacitações têm início no dia 13 de junho e seguem até o dia 30 de julho.

Related Articles

Fique conectado

FansLike
FollowersFollow
0FollowersFollow

Outras matérias